Depósito de Textos

Aqui o impossível se torna realidade...

Pode apostar que esse livro vai entrar para o top dez!
Ok, sejamos sinceros: ele vai pro top five! E não é o do CQC!
Bem, é exatamente isso que vocês estão pensando, eu pirei por esse livro! Incrível, mágico, sedutor, divertido e com uma grande pitada de suspense, você vai acabar se apaixonando por Path e Nora.

Sinopse:
Nora tenta levar uma vida normal desde que seu pai morreu, há alguns anos atrás. Com um boletim impecável e boa conduta, ela é racional e gosta de ter tudo sobre controle. Só que ela se vê louca por que de algum modo muito sinistro, Path agora está no comando.
Ela se sente incrivelmente atraída por Path, mas sabe que as circunstâncias gritam que ele esconde algo muito errado atrás daqueles olhos escuros e sedutores (ai, ai). Sem nenhum aparente motivo, Nora se vê encurralada por uma série de acontecimentos bizarros, mas ela não faz a mínima ideia em que está se metendo. E não só é um motivo,mas vários que vão deixar a vida dela de cabeça para baixo e mudar completamente o rumo da sua história.

Becca é incrível. Eu sei que o que eu vou escrever nas próximas linhas pode ser interpretado como um desacato de alto nível, mas eu tenho que dizer: Becca é tão boa quanto Meg Cabot!
Ela consegue passar a história de um modo tão leve e envolvente que você não consegue parar de ler. Você TEM que saber o que vai acontecer, mas tudo é tratado de um modo divertido e muito irônico por parte de Nora.
Os personagens são muito bem construídos, com aquele toque de que são verdadeiras pessoas. Odeio personagens bonzinhos demais ou sempre malvados, ninguém é assim na vida real, será que é tão difícil admitir?
Há uma trama bem feita por trás do amor de Nora e Path. (Leia-se: ela não é uma Stephanie Meyer da vida) E para que chegasse onde está, Becca passou cinco anos recriando a história.
Certamente vai ser o livro das minhas férias! Sabe, aquele que você comenta, adora e protege de tudo e todos, por que você sabe que é bom demais para cair em quaisquer mãos. E que não vire modinha, pelo amor de Deus!
Antes eu só tinha essa atitude com A MEDIADORA, de Meg Cabot, (Que são meus livros favoritos) mas sei que Sussurro merece esse espaço também, então aí está!
Cinco estrelas!

Bem, faz menos de uma hora que eu acabei de ler ‘Treze porquês’ e já pensei muito sobre como defini-lo, mas ainda não consegui achar um termo que expresse com exatidão o que ele fez comigo.
E é por esse razão que eu faço dele a minha primeira resenha, coisa que eu nunca imaginei fazer.
Primeiro, vamos à história:
Tudo começa com Clay Jensen recebendo uma caixa estranha e sem remetente. Dentro há treze fitas com os motivos pelo qual Hannah, uma garota da sua classe, decidiu de matar a algumas semanas atrás. Esses treze motivos são direcionados a doze pessoas que, intencionalmente ou não, influenciaram a vida de Hannah.
A narrativa se desenrola de um modo que, a cada lado da fita, um grande segredo é revelado e máscaras caem. Aquelas pessoas boazinhas, que sempre são perfeitas, acabam se mostrando cruéis e sem escrúpulos, preocupando Clay, que não sabe qual o motivo de estar na lista, já que acredita nunca ter feito algo ruim à Hannah.
Eu devo confessar que me sinto horrível por não fazer nada para salvar Hannah. Nesse livro, é como se você sentisse todas as emoções que pairam no ambiente. Eu realmente esperava que, a qualquer momento, Hannah fosse aparecer e tudo ficaria bem, mas deixe alertá-los: não vai ficar. Hannah está morta. Desde o inicio isso fica evidente, mas Jay Asher consegue te passar tão profundamente a história que você sente cada sentimento, ruim ou bom da história, e isso te prende de um modo tão... intenso. Já li vários livros, mas esse me pegou completamente pelo coração. E é isso que te faz mudar o modo como você vê o mundo depois de ler um livro como esse.
Confesso que chorei em várias partes, principalmente na fita de Clay, mas devo admitir de choraria de novo. E chorei vendo esse site http://hannahsreasons.blogspot.com/ com todas gravações de Hannah e até paginas de um jornal, um poema, fotos...
É tudo ficção, eu sei, mas eu levei desse livro algo muito grande, muito bom para minha vida e gostaria que vocês compartilhassem disso também.
Estou muito grata por ter lido um dia antes do meu aniversário de dezessete anos, e se eu pudesse, diria a Jay Asher um “Muito obrigada” por esse presente de aniversário adiantado.
Luísa Cedrim

Bem, aí está o motivo de não ter continuado a história de Lorena:
É, um book trailer!
Esse é o trailer de divulgação da história de Loris!

Sim, ela terá uma segunda temporada!
para adiantar, o nome será Renascida.
Cá entre nós, meu anjo, minha fada é MUITO sem-graça.
Logo estarei disponibilizando mais um texto meu, enquanto termino com Renascida.
Relaxem, ainda tem a terceira e possivelmente uma quarta....
;D

This is it!
video

Depósito

Aqui você encontra alguns dos meus textos. Lugar onde sonhos são reais, amores são possiveis e a morte não pode nos deter. Sonhando e fazendo dos sonhos realidade!

Seguidores

Contador de visitas

Contador de visitas

Pesquisar